Indicações

indicações – Uma nova categoria

Bom, estamos começando devagar o site, muitas vezes passo algumas horas para mudar algo no layout e logo após ela desconfigura (coisas que acontecem quando é você quem cuida de tudo sozinho) por isso a interação é um pouco devagar. Conversando com alguns amigos sobre o site, Instagram (eu sou mais do estilo criado de conteúdo do que influenciador nas redes sociais), feedback e olhando os números de visitas, descobri que muitos deles queriam indicações variadas sobre a Psicologia mas que não fossem tão científicas na linguagem. Baseado nesse feedback, trarei algumas indicações variadas para vocês em intervalos espaçados. O meu gosto é bem variado, então nunca irão faltar variedades por aqui.

Livro e filme

Bom, nas aulas de Introdução a Psicologia sempre tivemos indicações maravilhosas, mas uma delas foi especial para mim. O livro “Cartas a um Jovem Terapeuta” do psicanalista Contardo Calligaris (infelizmente falecido recentemente, uma perda enorme) me fez entender um pouco mais sobre a escuta na clínica, me tirou algumas dúvidas quanto a atendimentos e me fez também fã de seu trabalho.

Se você é ou pretende ser estudante de Psicologia, antes de pegar livros científicos com palavras difíceis, comece por esse. Contardo narra alguns de seus atendimentos, a sua iniciação como analista e também dá dicas para os futuros profissionais. Um livro maravilhoso e indispensável na estante de qualquer pessoa, sendo você estudante ou não. Ah, a versão nova contém novas cartas e uma situação bastante peculiar que você vai achar ou muito interessante ou muito estranha. Não possuímos link de afiliados, logo não ganhamos nada com cliques, mas facilitamos caso você queira comprar o livro, você pode encontrá-lo clicando aqui ou na livraria mais próxima.

Filme: Dom Juan de Marco. Sim, o grande amante Dom Juan também nos traz um olhar sobre a vida, sobre pensamentos, sobre o amor e sobre o que é real ou não em nossas vidas. Gravado em 1995, o filme tem a atuação de Johnny Depp, o talentoso Marlon Brando e é um clássico de romance com um leve toque de drama e comédia. Sugiro aqui um novo exercício (não é uma regra, é mais uma recomendação): todas as nossas indicações devem ser assistidas/lidas/ouvidas e vistas sem um prévio conhecimento.

Não veja o trailer, não leia a sinopse, não veja detalhes no Google ou o final em algum site. Dessa forma você terá uma experiência muito mais completa e complexa. Certa vez um amigo insistiu para irmos ao cinema assistir a um novo filme de ficção. Gosto de ficção, mas não estava a fim. Ele insistiu tanto, que fui ver o tal filme, mas não quis saber nada sobre ele antes, achando que era um filme classe B com efeitos ruins. Bom, para a minha surpresa, o filme se chamava Interestelar e foi uma das experiências mais maravilhosas que já tive na vida. Sem spoiler, sem saber o que ia acontecer, entrei como uma folha em branco e saí da experiência muito extasiado, coisa que não teria acontecido se soubesse detalhes do filme ou visto o trailer.

A partir desse dia, quando me recomendam algo, eu não leio a sinopse, fujo de trailers e evito qualquer leitura no Google. E isso fez a minha experiência ser muito mais intensa e interessante. Caso você queira me acompanhar, apenas veja o filme, de mente aberta e sem saber nada sobre ele. Pode ser bom ou ruim, mas tenho certeza que será mais intensa e interessante. Caso você queira me acompanhar, apenas veja o filme, de mente aberta e sem saber nada sobre ele. Pode ser bom ou ruim, mas tenho certeza que será mais intenso. Aliás, peço desculpas por um único spoiler: a trilha sonora é muito agradável.

Série e Youtube

100 Humanos – Netflix: Imagine que você tem perguntas, daquelas que os testes do Buzzfeed não irão te trazer a resposta. Você gostaria de encontrar 100 pessoas aleatórias para participarem do teste? E se eles fizessem um programa com isso? Bom, essa série da Netflix reúne tudo acima e ainda mais. Será que a beleza de uma pessoa ajuda na hora de um julgamento?

Pessoas que foram incentivadas x pessoas que foram pressionadas, quem se sai melhor? E quem é mais inteligente, homem ou mulher? Embora esse programa não seja realmente uma experiência científica validada, ele é muito divertido. Aliás, ele me lembra o antigo programa “O Mundo de Beakman” de 1992 que também fazia experiências, porém o ajudante era um cara vestido de rato. Essa série traz muitas questões para pensar sobre preconceito, inteligência, envelhecimento e comportamento. Duvido que você não dê ao menos uma risada. Você pode conferir na Netflix clicando aqui e caso queira conhecer o programa do cara vestido de rato, é só clicar aqui.

Nostalgia – Talvez você conheça o trabalho do Felipe Castanhari, ou apenas saiba que ele carregou a Tocha Olímpica em 2016. Não, esse não é um canal do Youtube 100% científico que fala sobre neurociências, filosofia ou neurogênse. Mas a Psicologia atravessa várias áreas da nossa vida (política, social) e nos faz problematizar e repensar assuntos variados. Eu quis indicar o trabalho do Castanhari pois ele geralmente está associado a um trabalho de informação e entretenimento mas diferente de muita gente, de uma forma criativa e divertida.

E não existe nada mais legal do que aprender de forma divertida. Ele fez um trabalho muito interessante em parceria com a Netflix chamado Mundo Mistério. Infelizmente ainda não posso indicar pois ainda não assisti mas antes disso ele ficou famoso por vídeos falando dos anos 90, 2000 e cultura pop. Recentemente ele se reinventou e faz algumas explicações muito legais de forma descontraída no Youtube, como esse vídeo aqui muito bom que explica o que é o racismo estrutural.

Espero que você leitor goste das indicações e que sejam tão úteis para você como foram para mim. Ainda tem muita coisa e muita gente legal para compartilhar. Caso você tenha gostado do texto, por favor compartilhe com mais pessoas e nos ajude a crescer. Um grande abraço e até a próxima.

2 replies on “indicações – Uma nova categoria”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.